Catálogo de Informação Agropecuária

Consulta

 






Registro Completo
Biblioteca(s):  Epagri-Sede.
Data corrente:  25/01/2017
Data da última atualização:  25/01/2017
Tipo da produção científica:  Resumo em Anais de Congresso
Autoria:  PAVIANI, Â. C.; HAHN, L.; FELTRIM, A. L.; WAMSER, A. F.; ENDER, M. M.; VIEIRA, R. L.
Título:  DOSES DE NITROGÊNIO PARA A CULTURA DO ALHO LIVRE DE VÍRUS EM DIFERENTES AMBIENTES DE CULTIVO NO SUL DO BRASIL.
Ano de publicação:  2016
Fonte/Imprenta:  In: FERTBIO 2016, 32., 2016, Goiânia, GO. Resumos... Viçosa, MG: SBCS, 2016. p. 402
Idioma:  Português
Conteúdo:  O nitrogênio (N) é o nutriente que mais contribui para o aumento da produtividade de bulbos na cultura do alho. Para o sul do Brasil, as atuais recomendações ainda são baseadas na cultura do alho sem a limpeza de vírus, a qual fisiologicamente é diferente da atual cultura livre de vírus. O objetivo deste trabalho foi avaliar doses de N na produção e qualidade do alho livre de vírus. Os experimentos foram implantados em quatro lavouras comerciais do meio-oeste catarinense em solos classificados como Nitossolo Bruno Distrófico. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com três repetições. Utilizaram-se bulbos-semente livre de vírus provenientes de cultura de meristemas. Os tratamentos constituíram-se de doses de N (0, 100, 200, 300 e 400 kg ha-1), distribuídas em três aplicações: 1/3 no plantio, 1/3 entre 30 e 40 dias após o plantio e 1/3 após a diferenciação visual em bulbilho. Na colheita, determinou-se o rendimento nas classes comerciais e a porcentagem de bulbos descarte (indústria). Observou-se uma redução linear na produção de alho comercial e aumento da produção de alho indústria à medida que aumentaram as doses de N em todos os experimentos. As maiores produções comerciais foram obtidas com a menor dose de N (0 kg ha-1), com produções entre 3,9 a 7,5 t ha-1. Nesta mesma dose também obteve-se a menor produção de alho indústria, variando de 0,47 a 4,71 t ha-1. Maiores produções totais de alho foram obtidas na dose de 100 kg ha-1, com produções entre 10,8... Mostrar Tudo
Palavras-Chave:  adubação nitrogenada; Allium sativum.
Categoria do assunto:  F Plantas e Produtos de Origem Vegetal
 
Marc:  Mostrar Marc Completo
Registro original:  Epagri-Sede (Epagri-Sede)
Biblioteca ID Origem Tipo/Formato Classificação Cutter Registro Volume Status  
Epagri-Sede100950 - 1UPCPL - DD
Voltar






Ordenar por: RelevânciaAutorTítuloAnoImprime registros no formato resumido      Imprime registros no formato resumido
Registros recuperados : 43
Primeira ... 123 ... Última
41.Imagem marcado/desmarcadoPAVIANI, Â. C.; FELTRIM, A. L.; HAHN, L.; WAMSER, A. F.; ENDER, M. M.; VIEIRA, R. L. USO DO CLOROFILÔMETRO PARA DIAGNÓSTICO DO ESTADO NUTRICIONAL RELACIONADO AO NITROGENIO NA CULTURA DO ALHO LIVRE DE VÍRUS. In: FERTBIO 2016, 32., 2016, Goiânia, GO. Resumos... Viçosa, MG: SBCS, 2016. p. 844
Tipo: Resumo em Anais de Congresso
Biblioteca(s): Epagri-Sede.
Visualizar detalhes do registroImprime registro no formato completo
42.Imagem marcado/desmarcadoBIASI, J.; MUELLER, S.; VIEIRA, R. L.; MONDARDO, M.; LEITE, D. L.; DANIELS, J.; FORTES, G. R. Produtividade de seleções de alhos proceces catarinenses, livres de vírus, em Caçador, SC, safra 1999. Horticultura Brasileira, , v. 18, p. 717-718, supl. jul. 2000.
Tipo: Artigo em Periódico IndexadoCirculação/Nível: Nacional - B
Biblioteca(s): Epagri-Sede.
Visualizar detalhes do registroImprime registro no formato completo
43.Imagem marcado/desmarcadoBIASI, J.; MUELLER, S.; VIEIRA, R. L.; MONDARDO, M.; LEITE, D. L.; DANIELS, J.; FORTES, G. R. Produtividade de seleções de alhos tardios catarinenses, livres de vírus ou vernalizados, em Caçador, SC, safras 1999/2000. Horticultura Brasileira, , v. 18, p. 716-717, supl. jul. 2000.
Tipo: Artigo em Periódico IndexadoCirculação/Nível: Nacional - B
Biblioteca(s): Epagri-Sede.
Visualizar detalhes do registroImprime registro no formato completo
Registros recuperados : 43
Primeira ... 123 ... Última
Nenhum registro encontrado para a expressão de busca informada.
 
 

EPAGRI
Todos os direitos reservados, conforme Lei n° 9.610
Política de Privacidade

.

Valid HTML 4.01 Transitional